O Melhor de London Fashion Week Outono-Inverno 2013/2014 | Parte I
O Melhor de London Fashion Week Outono-Inverno 2013/2014 | Parte I

Londres criou uma nova versão de sua semana da moda. Em sua edição Outono-Inverno 2013/2014, a passarela britânica contou com a presença de mais de setenta estilistas e casas de moda, também convocou milhares de visitantes, jornalistas e editores.

Os números não são surpreendentes, considerando que Londres pela terceiro ano consecutivo ganhou como a grande capital da moda a nível mundial. Revendo algumas dessas coleções exibidas durante o mês passado, podemos entender o porque.

Confira o melhor da Semana da moda de Londres Outono-Inverno 2013/2014!

Burberry Prorsum

Burberry Prorsum

Desde sua chegada a Burberry, Christopher Bailey soube reinventar a elegância clássica característica da empresa, sem abandonar os padrões que por anos foi identificada como uma das casas de moda, mais icônicas da indústria britânica.

Inspirado em Christine Keeler, a modelo dá década de 60 que foi envolvida no escandaloso caso Profumo que ameaçou afundar o governo naquela época, Bailey deu vida a uma perfeita ambivalência entre o caráter audaz e o lado mais doce de Keeler. Desta maneira, as tradicionais saias tubos de Burberry Prorsum são nas cores caramelo, bordô, vermelho sangue, preto e alguns pigmentos violeta. Sobre eles estampas de leopardo, python e corações interrompem o classicismo da linha Burberry Prorsum, mistura de estampas se sobrepõem de forma adequada com detalhes de metal.

L’Wren Scott

L’Wren Scott

L’wren Scott quis manter as linhas exuberantes e opulentas que triunfam na temporada de inverno atual. Através de uma coleção em que o dourado se destaca como o elemento principal de cada um de seus looks, Scott mostrou silhuetas extremamente femininas. Durante o dia os vestidos acima do joelho, ajustado ao corpo como uma segunda pele. Rosa nude, creme, azulado, turquesa, preto, bordô e dourado, muito dourado, compõem a paleta de cores desta maravilhosa coleção.

Christopher Kane

Christopher Kane

Christopher Kane mostrou sua proposta de Outono-inverno 2013/2014, sendo uma das melhores da recente semana da moda de Londres. Uma amálgama de estilos que fluem entre a delicadeza e a força que compõem uma obra simplesmente deliciosa. Materiais nobres como o veludo, couro, organza, rendas e peles, se fundem em jaquetas oversize, vestidos bordados e jaquetas de aviador com estampas de camuflagem.

Felder Felder

Felder Felder

Para o próximo inverno, Felder Felder oferece looks modernos e monocromáticos. Bordô, vermelho, malva, bronze, preto e branco compõem a gama de cores no qual Felder Felder elaborou um repertório de extraordinárias fibras como: organza, lã, couro, látex, cetim e luxuosas peles.

DAKS

DAKS

Estampados escoceses e floridos sóbrios se tornam os protagonistas da coleção Outono-Inverno 2013/2014 de DAKS. Sob a direção criativa de Sheila McKain-Waid, DAKS oferece, por um lado, um guarda-roupa formado por peças de grandes dimensões, e por outro, peças esportivas que evocam o sportswear americano. Uma coleção limpa, definida pela evidente inspiração da alfaiataria masculina.

Emilia Wickstead

Emilia Wickstead

Provavelmente o nome de Emilia Wickstead não está entre os mais extravagantes da folha de pagamento do Conselho Britânico de Moda, mas a sua coleção Outono-Inverno 2013/2014 foi uma das mais precisa da Semana da Moda de Londres. Uma proposta que lembra respeitosamente a década de 60, modernizada por uma alfaiataria impecável. Estampas escocesas com cores vibrantes de turquesa, se complementam com calças de pregas e saias de cintura alta.

Mulberry

Mulberry

O fashion e o tradicional estilo britânico delineiam a coleção Mulberry. Os volumes generosos e as sobreposição de peças são abundantes na nova proposta de Mulberry. As jaquetas de corte simples e blusas de mangas englobadas, são complementadas com calças 3/4 e saias “A”. Crepe, cashmere, veludo e seda são coloridas com pigmentos: azul oxford, preto, chocolate, cinza escuro, esmeralda e amarelo.

Sass & Bide

Sass & Bide

Sass & Bide mostram seu estilo através de uma reduzida paleta de cores, ao bem sucedido branco-preto, prata e amarelo. oferecendo composições fabulosas de estampas lineares junto com bordados gráficos de antologia. Para o dia, Sass & Bide propõe calças e suéteres, mini vestidos e saias retas. Enquanto que os vestidos de noite são bem sensuais, brancos com aplicações prateadas, tornando-se destaque de uma coleção grandiosa.

Paul Smith

Paul Smith

Paul Smith serviu uma taça de brilhantes cores sobre a passarela. Azul, azulado, cinza, branco, magenta, turquesa, vermelho e laranja, todos metálicos. tornando-se uma das coleções mais felizes da semana da moda de Londres. Com um aceno para a moda dos anos 80, Paul Smith experimenta estampados gráficos e ombros relevantes. As combinações cromáticas pouco convencionais entre blusas de seda, suéteres de malha e calças de cintura alta, são de tudo, plausíveis.