Tendências de Bijuterias Outono Inverno 2013
Tendências de Bijuterias Outono Inverno 2013

As Tendências de Bijuterias Outono Inverno 2013 têm uma conexão com as roupas. Podemos encontrar todos os tipos de modelos de acordo com o nosso estilo, mas depois de analisarmos as razões e as tendências recorrentes da temporada.

O estilo roqueiro de crânios em todos os tipos de roupas também se impõe em colares e pulseiras. Desde o verão passado podemos vê-las e continuará sendo moda neste ano. Podemos apreciá-las em diferentes cores e em prata. São muito comuns as pulseiras compostas por vários crânios pequenos.

Seguindo com a linha que recorda a um estilo mais roqueiro, podemos destacar as cruzes. É possível vê-las também em pulseiras, colares e brincos. Certifique-se de não adquirir cruzes muito longas em colares já que pode parecer proceder de alguma ordem eclesiástica.

Os animais são elementos muito recorrentes em bijuterias que continuaremos a ver este ano. Lembre-se que não faz muito tempo podíamos ver camisetas com fotos de animais, e permanecem sendo muito típicas. Nas bijuterias, vemos principalmente corujas, águias e cobras, entre outros.

Como já dissemos em outras ocasiões, as tachas e os pregos estão presentes em qualquer roupa de ruptura porque são tendência. As combinações em bijuterias são várias, desde pulseiras que sejam em sua totalidade com pregos ou com caveiras, tachas ou cores fluorescentes. Recorda-nos a um estilo punk.

Outra das tendências fortes de bijuterias outono inverno 2013 é o barroco e seus ornamentos. Pois bem, podemos ver nas lojas, uma bijuteria mais ostentosa, de grandes dimensões e muito trabalhada. As formas que adquire são variadas, desde geométricas até motivos florais.

Também encontraremos pulseiras feitas de tecido ou de malha, que serão mais típicas no verão.

As clássicas correntes continuam a ser uma tendência e podemos vê-las combinadas com espessuras diferentes e estilos de todos os tipos. Atualmente tende-se a usar as correntes mais grossas, do que há alguns anos atrás.