Atelier Versace Haute Couture Outono-Inverno 2014/2015
Atelier Versace Haute Couture Outono-Inverno 2014/2015

Muitas vezes injustiçada pela excessiva predileção pela musa dominatrix, Donatella Versace dessa vez deu um toque sutil ao seu gênio criativo, refinando e elevando o nível do “Atelier Versace”. Tudo através de uma coleção que rende homenagem aos costureiros os anos cinquenta, e que cumpre as exigências impostas pelas regras da Alta Costura.

01

Peças exclusivas, totalmente feitas a mão e pelo menos cem horas de trabalho para cada peça, são alguns dos requisitos exigidos por Chambre Syndicale da Haute Couture, entidade parisiense responsável de liberar a licença oficial aos designers que desejam ser parte desse seleto grupo da alta costura.

Bem-vindo a nova era da casa Versace goza desde o ano 2011, mas que nunca, até agora tinha sido capaz de justificar a crítica especializada.

Através de um interessante conjunto de construção e desconstrução, Donatella Versace consegue modernizar os tradicionais esboços que distinguem a alta costura e ao mesmo tempo, conquista uma maior elegância. Sem cometer excessos, a coleção Atelier Versace Haute Couture está dotada de: bustiers profundos, ombros semi-descobertos e braços pelados, vestidos de corte reto estendidos até o tornozelo que revelam um pouco de pele, mini vestidos retrô, vestidos esvoaçantes de extrema ousadia com saias com aberturas frontais e cinturas justas com cintos ou correntes metálicas. Impossível não destacar as jaquetas de pele.

Preto, branco, prata, roxo e azul klein compõem uma paleta de cores precisa. Pigmentos que são adicionados sobre sedas, organzas, visom, tules, couros, lã, silicones e vinil, tudo enriquecido com intricados bordados de cristal Swarovski.

02

01

“Eu amo a costura dos anos cinquenta. Para mim, era o mais perfeito em matéria de corte e desconstrução”. – Donatella Versace.

01

02

03

04

02

01