Chanel Cruise 2014
Chanel Cruise 2014

Karl Lagerfeld não esgota os seu instinto criativo e para marcar o centenário da casa de moda Chanel, queria festejar em grande estilo, apresentando uma pré-coleção em uma grande festa fashion no interior de um antigo quartel do exército britânico em Cingapura.

Todo o glamouroso passado da lendária Chanel foi levado para a passarela no sudeste da Asiático, o estilo de Coco foi elevado à enésima potência, graças a criatividade artística de Karl Lagerfeld, que conseguiu dar o complemento perfeito com um toque especial que todas nós conhecemos. “Quero inventar os detalhes”, disse o diretor criativo da famosa casa francesa, referindo-se ao clássico estilo minimalista que hoje tem um toque exótico nesta nova coleção.

Para dar início ao desfile especial, Lagerfeld apresentou uma exclusiva projeção de um curta-metragem em preto e branco que foi escrito e dirigido pelo mesmo, o título da curta-metragem é: Era uma vez… e se desenvolve em uma deliciosa Deauville no início do século XX, era ali onde era a pequena boutique que deu a Coco Chanel a popularidade em toda a Europa e no mundo.

1

Como de costume Cruise de Chanel é sempre um grande show, e é talvez o mais esperado de todos os desfiles do mesmo caráter, nos últimos anos, os destinos favoritos de Lagerfeld, têm sido cada vez mais exótico e fascinantes Paris, Nova York, Los Angeles, Miami, Veneza, Saint-Tropez, Cap d’Antibes e Versalhes, desta vez a escolha foi até a paradísica ilha mágica de Cingapura.

2

3

O estilo de Coco é visto pelas infinitas pérolas, maxi camélias, calças com uma suave caída e volumes, as saias são longas e retas mais do que nunca, maravilhosas blusas com estampas exóticas usadas com saias em pleno estilo dos anos 20, as camisetas de criket ficam perfeitamente com acessórios de couro, vestidos de ráfia e trajes de noite com bordados delicados. As jaquetas são longas e aderentes na cintura e possuem um cinto do mesmo tecido.

4

Novidades: A clássica jaqueta Chanel, desta vez tem um cativante corte masculino, são curtas e se acentuam na silhueta delicadamente, um fascínio sexy e feminino. Os ornamentos são ricos e generosos, usados em abundância: nos pulsos, pescoços, os brincos são usados apenas em uma orelha e no tamanho extra grande, as pulseiras e colares também no tamanho XXL em metal envelhecido ou pérolas, óculos de sol moderno e no estilo de rock.

5

A presença de tule e renda dá a coleção um estilo romântico e boêmio, as lantejoulas, as penas e bordados brilhantes são realizadas com um meticuloso cuidado no atelier artesanal da casa de moda e sugere looks de noite e coquetel.

6

As bolsas são pequenas e se usam principalmente carregadas na mão, os sapatos tem um aspecto e identidade do passado, mas desta vez levam um caráter mais irônico de Karl Lagerfeld, que mudou drasticamente os saltos transformando-os em esculturas dignas de um desfile de “alta costura”. Outros inesperados acessórios como: gorros esportivos e uma nova integrante na coleção de mini bolsas assinadas com o duplo “C”.

7

A paleta de cores é delicada, sóbria e atemporal: o branco é usado com acessórios na cor rosa catedral, azul, rosa pálido e o off white foram visto com frequência no desfile. A maquiagem é moderna, acentuada e excêntrica, azuis intensos e preto intensificam o olhar dando temperamento e firmeza ao estilo sóbrio.