Chanel Outono-Inverno 2013/2014 | Paris Fashion Week
Chanel Outono-Inverno 2013/2014 | Paris Fashion Week

Sob a trilha sonora de “Around the Wolrd” do Daft Punk, o exército comandado pelo genial Karl Lagerfeld marcharam com passos firmes através da passarela do Grand Palais, durante a semana da moda de paris, veloz e com força para a conquista do universo. Uma passarela sobre a qual se instalou estrategicamente e como algo central, um enorme globo do mundo mostrava os diferentes pontos em que a empresa é comercializada.

Uma coleção que novamente põe de manifesto a incansável e fértil imaginação de Karl Lagerfeld, assim como sua paixão por linhas enfáticas, decorações sofisticadas e acessórios com caráter próprio.

Capaz de se renovar a cada nova coleção, agitando em sua genial coqueteleira emblemáticos elementos da marca francesa, o estilista aposta como material protagonista, todos al “tweend” reinventado em inúmeros e longos casacos de surpreendentes cortes. Esses casacos também se apresentam como atraentes vestidos.

chanel

Em uma das propostas Chanel, não poderia faltar seu icônico
blazer realizado também em tweed, aposta por saias minis. Saias que embaixo apareça como uma original calça legging feitas tanto em vinil futurista como em clássico tweend, que de tradicional não tinha nada. Formas desestruturas que escondem e ao mesmo tempo delineiam a silhueta, que também se repetiu nos vestidos apresentados.

01

Uma coleção magistral que se diferencia e define por requintados e variados acessórios. Entre os que se destacam sem dúvida, são os geniosos e coloridos chapéus de que são feitos em visom, marcando o rosto como se fosse uma franja realmente. segundo disse Lagerfeld. Assim como suas extremas botas biker decoradas com pesados metais e em sua versão XXL. Uma bota que seguem a linha das propostas pelo estilista em sua coleção Haute Couture que apresentadas em diferentes estilos, se elegeu protagonista das diferentes silhuetas apresentadas.

2

33

Geometria tanto como motivo nos magníficos vestidos feito em comprimento médio, assim como as estampas propostas mais ácidas. Estampados que podem lembrar de Missoni, e eram utilizados por Mademoiselle Chanel na década de 20.

4

5

Uma paleta de cor dominada pelo preto, tom referente ao vestir de Karl Lagerfeld, com concessões para o branco, rosa pastel, azul petróleo, azul klein e bordô. Tons que não só cobrem as propostas de vestidos, mas também as bolsas apresentadas pela empresa. Novidade e também pequenas bolsas, estruturadas e clutches mais rígidas, acolchoadas e surpreendentes carteiras, e engenhosos desenhos em forma de bola que destacam o espírito global da coleção.

8

9

Sobreposição de capas, formas aerodinâmicas, tweed, bordados artísticos, estampados geométricos e aplicações de flores 3D que também apontam para o mix “black & White”, uma das tendências protagonistas do Outono-Inverno 2013/2014. Como é habitual em Chanel, propostas em tecidos que desafiam em muitas ocasiões a compreensão.

Tão pouco faltam como acessórios reinterpretações das tão características e adoradas luvas de Karl Lagerfeld, feitas com transparências ou em agressivas pele coberta de metálicos spikes ou totalmente feitas em couro.

10

11

Quanto às peças de jóias, Chanel propôs um mix de braceletes e gargantilhas XL com um ar punk.

12

13

Para o clímax final, três propostas de transparentes vestidos longos feitos de organza, para sugerir ao invés de mostrar, um uma master class de elegância. Claro que se alguém pudesse nos conquistar novamente com sua genialidade, esse alguém com certeza seria Karl Lagerfeld.

15

14

Veja o desfile de Chanel Outono-Inverno 2013/2014: