Christian Dior Primavera-Verão 2014 | Paris Fashion Week
Christian Dior Primavera-Verão 2014 | Paris Fashion Week

Como se fosse uma selva, Raf Simons situa suas propostas primavera-verão 2014 para Christian Dior durante a semana da moda de Paris, sob um jardim suspenso de milhares de cipós, orquídeas, rosas, glicínias e trepadeiras, criando um cenário extraordinário para alguns desenhos igualmente variados que não tinham referência temporal.

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

Um ambiente de grande beleza composto por plantas reais e falsas, que pretendia fazer um misterioso país das maravilhas. Um efeitos encantador e um tanto surrealista que, trás três temporadas com o designer belga na maison, deixando vislumbrar mais a personalidade de Raf Simons, enquanto a herança Dior se apresenta cada vez mais tênue.

“Para esta temporada, eu pensei em um tipo de mulher diferente, eu imaginava uma nova tribo urbana sofisticada e selvagem ao mesmo tempo. E que ninguém sabe muito bem de onde vem e nem para onde vai.” explicou Raf Simons antes do desfile.

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

Um desfile otimista e enérgico, que aposta por vestidos florais de seda, combinados ou não com reinventadas jaquetas Bar, camisas e jaquetas de inspiração colegial, vestidos sexys, surpreendentes saias, cortes sugestivos, complicadas inserções e casacos para uma mulher “Femme Fleur” de silhueta marca e com ares ladylike com sutis toques anos cinquenta.

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

Seguindo a linha de delirantes propostas, modelos minimalistas apenas com uma linha lateral que davam o maior destaque aos olhares emoldurados em dourado, única maquiagem perceptível. Como acessórios perfeitos, sofisticadas cascatas de pedrarias coloridas serviam de assimétricas gargantilhas e pulseiras.

Enquanto as bolsas estas se apresentam no formato “shopper” ou “Lady Dior” com cores intensas, estampadas de cobra para complementar os sapatos de bico fino apresentados, que presos ao tornozelo são finamente decorados com engenhosos recortes, laços laterais ou aplicações florais.

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

Para finalizar um desfile secundário de metálicos e florais vestidos em jacquard fez uma aparição mostrando emblemas de Raf, como se fossem membros de uma sociedade secreta. Tribos de luxo? As Mulheres Simons? Talvez.

Uma coleção resultado de uma surpreendente dissecção de códigos de Christian Dior, e uma invenção igualmente surpreendente de Raf Simons, que respeita o passado, mas mira no futuro e que deixa claro que sopram novos ares em Christian Dior. Esperaremos Ansiosos para ver o que o futuro nos reserva?

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK

CHRISTIAN DIOR PRIMAVERA-VERÃO 2014 | PARIS FASHION WEEK