O Melhor do São Paulo Fashion Week – SPFW
O Melhor do São Paulo Fashion Week – SPFW

É a passarela mais importante do continente. O talento criativo do Brasil, matérias primas originais, paisagens inspiradoras e um mercado pronto para investir em peças únicas, são alguns dos fatores que determinam a ascendente popularidade do evento. E que graças ao São Paulo Fashion Week, o Brasil está entre os países mais influentes da indústria da moda internacional.

Durante o recente SPFW as marcas brasileiras apresentaram as propostas do verão 2016. Diversidade de estilos e texturas inovadoras marcaram a pauta dessa edição.

Confira o melhor do São Paulo Fashion Week Verão 2016:


Osklen - SPFW Verão 2016

Osklen – SPFW Verão 2016

Osklen.Influências tribais percorrem a coleção de verão da Osklen que estreou durante a São Paulo Fashion Week. Sedas estampadas com impressões étnicas, algodões crus, couro de salmão, aplicações de plumas e suaves franjas de lã definem os looks de aspecto casual. calças confortáveis, amplas túnicas e blusas de molde reto dão vida a uma aposta interessante, em que o essencial se torna absolutamente lindo.

Ronaldo Fraga - SPFW Verão 2016

Ronaldo Fraga – SPFW Verão 2016

Ronaldo Fraga. É o garoto rebelde da moda brasileira, deleitando seus fiéis seguidores com uma série de peças tão ricas como transgressoras. Sinceramente preocupado com o meio ambiente, para criar sua coleção verão 2016, Ronaldo Fraga usou fibras biodegradáveis e inclusive borracha obtido através de pneus usados. A utilização desses materiais é imperceptível a primeira vista, mas conseguem formar peças com movimentos fluidos e volumes preponderantes, tudo isso mas sem sacrificar o bom design.

Colcci - SPFW Verão 2016

Colcci – SPFW Verão 2016


Colcci. Com Gisele Bundchen como protagonista, a apresentação de Colcci ganhou toda a atenção da recente São Paulo Fashion Week. Precisamente e por causa de uma longa amizade com a empresa carioca, a modelo escolheu a passarela Colcci verão 2016 para despedir-se de forma definitiva das passarelas.

Jovem e cool, Colcci idealiza um verão retro-chic. Os vestidos esvoaçantes com transparências e mini-vestidos com ar boho. A alfaiataria retro se estende em calças de estampa geométrica. O jeans estampado e trabalhado com a técnica do patchwork, junto com as jaquetas de nylon e shorts de seda, acrescentou notas esporte a coleção de verão Colcci.

Animale - SPFW Verão 2016

Animale – SPFW Verão 2016

Animale.A mulher glamourosa e ousada segue sendo o ponto de enfoque de Animale. Mais uma vez a empresa brasileira surpreende com uma coleção abundante de propostas inovadoras. blusas croppeds recortadas em assimetria dominam a parte superior da silhueta, enquanto as calças de cintura alta ajustadas ao skinny em alguns casos, em outros extra larga, dominam as pernas com sublime elegância. As saias tubulares enriquecidas com sobreposições florais de crepe e organza são as peças triunfantes do trabalho apresentado por Animale em São Paulo Fashion Week.

Alexandre Herchcovitch - SPFW Verão 2016

Alexandre Herchcovitch – SPFW Verão 2016

Alexandre Herchcovitch. A inspiração japonesa se visualiza de forma evidente no repertório de Alexandre Herchcovitch. Formas simples e o quimono reinterpretado moldam peças refinadas e avant-garde. Seda, jacquard, linho, algodão e látex se entintam em atraentes tonalidades pastéis, violetas, pretos e dourados. As túnicas são folgadas, estendidas sobre a linha dos joelhos e ataviadas com longos zíperes expostos, enquanto os vestidos verão 2016 de Herchcovitch se cobrem de fibras espumosas dotadas de efeitos tridimensionais.

Acquastudio - SPFW Verão 2016

Acquastudio – SPFW Verão 2016

Acquastudio.Não podemos dizer que a evolução da Acquastudio tenha atingido seu ponto final, mas certamente, o trabalho da empresa está se aproximando da perfeição. Sempre tomando como ponto de referência as icônicas silhuetas de Christian Dior, nessa ocasião Acquastudio opta pela alta costura urbana e fresca. Na série verão 2016 de Acquastudio os macacões de seda descem em formas cônicas, os mini-vestidos pigmentados com pastéis são feitos em tafetá e chiffon enriquecidos com bordados de pedrarias. Finalmente, os vestidos rosetas prevalecentes e peças desgastadas ataviadas com flores sobrepostas, selou um trabalho em que a maestria da costura se desfruta do princípio ao fim.