Roupas Com Plissado: Como Usá-las
Roupas Com Plissado: Como Usá-las

Um corte que nunca é demais no guarda-roupa e que sempre está atual é a saia plissada. É, sem dúvida, uma das roupas mais femininas e românticas que existem em todos os seus comprimentos, cores ou estampados. Inclusive podem ser combinadas de várias maneiras, seja para adaptá-las para atender uma ocasião especial ou um look muito definido, de elegante ao roqueiro sem escalas. Neste artigo destacamos como usá-las e quais são as melhores combinações para mostrá-las.

Geralmente as saias plissadas são de gaze ou tecidos leves, muito mais nesta temporada. Mas para este ano tomam força e se adaptam a outras estações, em cores brilhantes, estampados originais e tecidos impensados como veludo ou couro. É o toque justo para dar elegância e um toque feminino ao look, mas é preciso saber como usá-las para que esta roupa se torne um coringa no vestuário.

O primeiro e mais importante é dar a chave sobre o que fica bem para nós. Para meninas muito baixas nunca usar saia longa, é preferível sempre uma mini. O XL apenas fica bem em pernas longas. Também é preciso levar em conta o tamanho dos quadris e das coxas, já que este corte com mesas dá muito volume à silhueta. Mas é algo que pode ser corrigido, escolhendo entre cores escuras para reduzir centímetros ou as mais claras para dar mais forma. O mesmo com os estampados e o tamanho dos mesmos. Também importante, a largura da prega, já que quanto mais estreito é o plissado se vê muito mais feminino e elegante.

Em seguida, a difícil arte de combinar a roupa plissada e adaptá-la ao nosso estilo. O mais comum é ver saias neste tipo, mas também se usam nas pantalonas, embora em menor medida, por isso apenas nos concentramos nas saias.

Fresca e de verão: em tecidos etéreos ou estampas florais, de corte mini ou longo, mas com transparências, esta é a que vai. Esta peça dá o toque fresco ideal da estação para qualquer momento. Fica perfeita com um top básico e sandálias de salto médio.

Elegante e chique: aqui o corte é essencial, já que se é intermediário (abaixo do joelho) terá esse encanto chique dos anos 50. Você pode ir com camisa ou regata básica ao corpo e cinto que destaca a silhueta.

Saia plissada para uma festa: você também pode sair do romântico e ter mais estilo. Isso é fundamental se tem brilho, transparências (com o forro mais curto) e o gênero. O couro fica perfeito e dá o toque original.

Para todos os dias: estampas e cores em todos os lugares, a tornam ideal para usar em qualquer momento. Se for inverno, então, de algum tecido mais pesado como lã. Vai bem com camisas, um casaco de lã, jaqueta jeans e sapatilhas nos pés para dar um look mais informal.



Estilo boêmio: é, sem dúvida, uma das saias que melhor ficam, já que são de gênero muito volátil e permitem cores e estampados muito recarregados. Neste estilo é permitido combinar texturas e estampados livremente. O calçado ideal são botas de cano curto e muitos acessórios.

Uma peça de vestuário que está apenas começando a tomar o centro do palco é o vestido plissado longo marcando muito a cintura. Não é adequado para todos os corpos, mas é elegante e chique sem perder a simplicidade. Requer sempre de algo na cintura que lhe dê mais realce. Pode ser longo ou curto, em qualquer das duas alternativas se adapta para dia ou para noite e em mil ocasiões, já que os acessórios mudam o selo.



 

Uma última dica para usar esta peça de vestuário é ter sempre em mente que por seu corte e mesas gera volume e presença, por isso deve sempre ser combinado com algo neutro e plano. Um cropped é ideal, inclusive as transparências de seda, mas nada que seja muito pesado. O importante é manter o volume de apenas um lado, ou para cima ou para baixo. Depois, com a saia plissada melhor escolher um complemento ajustado.