Seis Regras Básicas se Você Vai Usar Leggings
Seis Regras Básicas se Você Vai Usar Leggings

As usamos por sua comodidade. As amamos por sua versatilidade. As leggings passaram a serem itens indispensáveis no guarda-roupa das mulheres, desde as mais jovens até as não tão jovens, porque existem para todos os gostos. No entanto, é preciso saber como usá-las e aqui te apresentamos seis regras básicas para usar leggings sem correr o risco de cair no mau gosto.

Como Usar Legging:

1. Experimente a peça antes de comprá-la.

As leggings têm procedências variadas e costumam ser de tamanho padrão (tamanho único). Embora elas estiquem e você caiba nelas, isso não significa que o tecido manterá sua uniformidade e pode se tornar muito transparente. Tenha cuidado! Você poderia revelar mais do que quer!

2. Evite-as, se você tem celulite.

A infame celulite coloca um entrave no momento de usá-las é que as leggings costumam ser muito finas, de modo que a pele de casca de laranja transpareça e é como se você não estivesse usando nada. Se você não quer renunciar ao seu conforto, mas sofre desta condição, opte por cores mais escuras ou que tenham desenhos que dissimulem os pequenos buracos na sua pele (e leia a regra 3).

3. Combiná-las com roupa apropriada.


01


Algumas levam muito a sério o look de femme fatale e saem para a rua com as leggings como se fossem calça jeans: erro. Embora você tenha trabalhado duro na academia para mostrar seus glúteos, parece melhor combinar as leggings com blusas, camisas, camisetas, suéteres ou casacos que cheguem, pelo menos, até a metade do quadril. Por quê? Evita o risco de que sejam vistas as marcas da roupa íntima e vamos reconhecer: é mais elegante assim.

A regra fundamental para usar sua leggings manda usá-las com uma camisa, camiseta ou suéter que te cubra pelo menos até a metade do quadril.

4. Verifique a roupa íntima antes de usar.

Muitas mulheres optam por usá-las com tangas para que as linhas da roupa íntima não sejam marcadas, no entanto, existem mais possibilidades.

Verifique que a sua roupa íntima não seja tão apertada ou será ainda mais evidente a sua existência. Sim, que tampouco seja muito solta, nem que tenha o elástico gasto ou te incomode ao caminhar ou passará o dia tentando consertar as roupas. Outra dica: tenha bom senso no momento de escolher a cor do que usará por dentro: se suas leggings são de cor clara, use uma calcinha (boxer, tanga, fio dental ou o que desejar) nude.

5. Tire proveito.

Se você tem pernas e coxas finas, mostre e use quanto estampado te agradar, mas se você é mais robusta opte pelas cores solidas e escuras que afinarão sua silhueta.

6. Até os tornozelos.

Certifique-se de encontrar uma roupa que fique até essa altura, caso contrário, você criará a ilusão óptica de que suas pernas são mais curtas ou vai expor suas meias e o resultado não será favorecedor.